28 de janeiro de 2018 às 02:00

Vai ter mocotó em L.A.

O chef Rodrigo Oliveira está embarcando hoje para Los Angeles animadíssimo. "A cidade tem uma cena gastronômica incrível que eu desconhecia", diz. Irá acertar os detalhes do restaurante que abrirá no bairro de West Hollywood ainda este ano, com sócios res

O chef Rodrigo Oliveira está embarcando hoje para Los Angeles animadíssimo. "A cidade tem uma cena gastronômica incrível que eu desconhecia", diz. Irá acertar os detalhes do restaurante que abrirá no bairro de West Hollywood ainda este ano, com sócios restaurateurs e hoteleiros. "Propostas de gente com muito dinheiro não faltam mas aceitamos esta porque meus sócios americanos têm um baita know-how em criação de conceitos e gestão".

O restaurante do paulistano-pernambucano incluirá um bar descolado com as mesmas famosas caipirinhas do Mocotó e um menu com foco no Nordeste mas que engloba também pratos de outras regiões do Brasil, ao estilo do Balaio, o novo restaurante do chef no IMS da avenida Paulista.

Oliveira estará em excelente companhia. Dois dos mais admirados e premiados chefs do mundo, David Chang e Daniel Humm, ambos baseados em Nova York, resolveram abrir neste início de ano restaurantes em L.A., quase simultaneamente. Humm estreou uma filial do seu hit novaiorquino NoMad, que serve o frango assado mais famoso da cidade, quiçá do país (de chorar de bom!). Como na matriz, o NoMad fica no hotel homônimo, decorado com opulência.

Já Chang, que há anos pendurou o avental de chef para tornar-se um dos restaurateurs de maior sucesso dos Estados Unidos, lançou um conceito novo. Ele tornou-se famoso em Nova York com seu primeiro negócio de sucesso, o Momofuku Noodle Bar, que deu origem ao Momofuku Ko —um sofisticado dois estrelas Michelin que serve apenas menus degustação— e a outros Momofukus em Nova York e além-mar. Seu novíssimo Majordomo em Los Angeles não servirá os hits comuns em seus outros menus, como o pãozinho no vapor recheado com porco desfiado. Irá se especializar em pratos para compartir, servidos em grandes travessas, as carnes fatiadas à mesa.

Los Angeles tem há anos, sua coleção de chefs-celebridade, liderada por Roy Choi (que lançou o fenômeno dos food trucks com seu Kogi), Nobu Matushisa, da rede Nobu, e Wolfgang Puck, cujo icônico Spago é o QG do povo do cinema. Com a vinda de mais esses três Los Angeles consolida-se como terceira capital gastronômica dos Estados Unidos, atrás apenas de Nova York e Chicago. Está mais do que na hora de eu voltar lá cheia de fome.

*

A coluna "A Gourmet" é publicada aos domingos, a cada 15 dias, na revista sãopaulo.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo

sobre nós

A Rádio Diocesana AM, localizada na cidade da Campanha, Sul de Minas Gerais,  é uma emissora da Fundação Cultural  e Educacional Nossa Senhora do Carmo. Sua programação está pautada sobre os pilares da informação, da formação, da cultura e do entretenimento.


facebook

Streaming by: