Notícias

17 de maio de 2018 às 02:00

Por aliança, estrategistas de Alckmin defendem cargo para Temer

O presidente Michel Temer e o ex-governador Geraldo Alckmin no evento Opening Plenary, durante o Fórum Econômico Mundial em São Paulo Eduardo Anizelli/Folhapress O presidente Michel Temer e o ex-governador Geraldo Alckmin no evento Opening Plenary, dura

A negociação entre Geraldo Alckmin e Michel Temer para a campanha de 2018 deveria passar pela garantia de um cargo para o atual presidente num eventual futuro governo. A ideia é defendida por alguns dos principais estrategistas do tucano.

A nomeação para uma embaixada, por exemplo, garantiria foro especial para Temer depois que ele deixar o cargo. Isso preservaria o futuro ex-presidente de medidas cautelares determinadas por juízes de primeira instância.

Caso Alckmin não ganhe a eleição, mas um de seus dois aliados â?”João Doria ou Márcio Françaâ?” seja eleito para o governo de SP, Temer poderia ser acomodado em um cargo da estrutura estadual. A ideia já foi estudada, a sério, por pelo menos um deles â?”os dois querem o apoio do MDB no estado.

Advogados amigos de Temer também temem que o presidente sofra busca e apreensão e até que seja preso â?”o que um cargo com foro, dizem, poderia evitar. Temer já declarou que não acredita que pode ser detido e que isso seria uma “indignidade”.

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, afirma concordar com Ciro Gomes quando o candidato do PDT diz que seria “uma loucura” prometer indulto ao petista já que ele ainda não foi condenado em definitivo. “Neste caso, Ciro está correto”, diz.

Para Okamotto, “a discussão deve ser sobre a inocência de Lula. Eu conheço bem o caso e tenho certeza de que ele será inocentado nas instâncias superiores”.

A discussão sobre indulto, no entanto, ainda está na pauta de dirigentes do PT. Eles defendem a necessidade de erguer a bandeira caso Lula não seja inocentado ou solto até as eleições.

Com as contas bloqueadas, o Instituto Lula está organizando cursos de políticas públicas a distância como forma de arrecadar recursos para pagar despesas imediatas. A ideia é que pessoas como Emir Sader, Marilena Chauí e Tereza Campello deem aulas-tema para os inscritos via internet.

Christiane Tricerri interpreta, em “Nem Princesas nem Escravas”, a personagem Thelma Maria, “uma servidora sexual que quer virar servidora pública” â?”ela se candidata a deputada federal; o espetáculo marca 40 anos do Teatro do Ornitorrinco e narra “as vantagens e desvantagens de ser mulher”; estreia na sexta (18), no Teatro Sérgio Cardoso.

Fernando Haddad visita Lula nesta quinta (17) em Curitiba. É a primeira vez que eles se encontram depois que o ex-presidente foi preso.

A Conectas Direitos Humanos e o Movimento Mães de Maio assinaram uma nota de repúdio às declarações do governador Márcio França em relação à ação da PM que matou o assaltante. Segundo o texto, a fala valida “a ideia de que a lei não se aplica a todos â?”em especial, às(os) agentes de segurança pública”.

As entidades afirmam ainda que, ao dizer que “as pessoas têm que entender que a farda deles [PM] é sagrada, é a extensão da bandeira do estado de São Paulo” e por isso quem ofendê-la “está correndo risco de vida”, França passa a mensagem de que há carta branca para matar.

O show “Refavela 40”, que celebra os 40 anos do disco “Refavela”, de Gilberto Gil, fará a primeira turnê na Europa em junho. Serão 14 shows em nove países em um mês. O espetáculo foi idealizado por Bem Gil, um dos filhos do cantor. 

Um conjunto de 25 obras de Anita Malfatti, Candido  Portinari, Emiliano di Cavalcanti e outros artistas brasileiros integrarão uma exposição que será montada no Masp no dia 14 de junho. Os cerca de 70 trabalhos foram cedidos ao museu pela B3 (a Bolsa de São Paulo) em esquema de comodato e vão complementar o acervo da instituição pelos próximos 30 anos. 

O best-seller infantil “Até as Princesas Soltam Pum”, de Ilan Brenman, vai inspirar um espetáculo musical. A montagem será baseada na obra e em dois outros livros do mesmo autor. A atriz mirim Luiza Nery interpretará a protagonista da peça, que já tem temporadas confirmadas em SP e no Rio, com previsão de estreia para outubro. A produtora FGM foi autorizada pelo MinC a captar R$ 6,3 milhões para o projeto.

O filme “Antes que Eu me Esqueça”, dirigido por Tiago Arakilian, teve sessão de pré-estreia realizada na terça-feira (15), no shopping Cidade Jardim. Integrantes do elenco do longa, os atores José de Abreu, Danton Mello, Augusto Madeira e Guta Stresser passaram por lá.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sua mulher, Patrícia Kundrát, e o médico Drauzio Varella participaram de um jantar com João Goulão, diretor-geral do Sicad, serviço português de redução do uso de drogas. Eles foram recebidos pelo cônsul-geral de Portugal em São Paulo, Paulo Lourenço, e pela consulesa, Mafalda Lourenço, em sua residência oficial. 

Adriana Nunes retoma nesta sexta (18) temporada da comédia “Mercedez com Z”. Às 21h, no teatro Gazeta.

Aracy Amaral fala sobre Flávio de Carvalho. Nesta quinta (17) , às 19h, no Instituto Tomie Ohtake.

Luiz Américo Camargo ministra curso sobre panificação no Instituto Brasil à Gosto. Desta quinta (17) até o dia 22 de maio.

com  BRUNA NARCIZO, BRUNO B. SORAGGI e JOÃO CARNEIRO

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo

sobre nós

A Rádio Diocesana AM, localizada na cidade da Campanha, Sul de Minas Gerais,  é uma emissora da Fundação Cultural  e Educacional Nossa Senhora do Carmo. Sua programação está pautada sobre os pilares da informação, da formação, da cultura e do entretenimento.


facebook

Streaming by: