menu

14 de janeiro de 2018 às 02:00

O vinho viralizou

Nizan Guanaes, embaixador do Fasano Trancoso, na Bahia, que abrirá no ano que vem, mostrou-me dias atrás, orgulhoso, a primeira "villa" decorada. "Tá lindo isso aqui, né?", perguntou o publicitário. E, apontando para uma verdejante colina atrás da casa, a

Nizan Guanaes, embaixador do Fasano Trancoso, na Bahia, que abrirá no ano que vem, mostrou-me dias atrás, orgulhoso, a primeira "villa" decorada. "Tá lindo isso aqui, né?", perguntou o publicitário. E, apontando para uma verdejante colina atrás da casa, anunciou: "Ali quero fazer uma adega espetacular. Spa e piscina todo hotel bom daqui já tem, mas quem é que tem adega?".

Sinal dos tempos.

O apetite do brasileiro "bem de vida" por vinhos bons explodiu, na contracorrente da crise. Que o diga o recém-aposentado jogador de futebol Jussiê Vieira, radicado em Bordeaux. O capixaba trocou o gramado pelos vinhos, sua paixão. Lançará no fim deste mês, no Rio de Janeiro, a importadora Juss Millésimes, especializada em borgonhas de prestígio. Confiante no sucesso, planejou uma degustação no hotel Emiliano em parceria com o portal Wine Advocate, do temido crítico Robert Parker, a US$ 1.500 por pessoa, e um jantar no Oteque, novo restaurante do chef Alberto Landgraf.

Viajarão ao Rio para o retumbante lançamento nada menos que dez vinhateiros de primeira linha da Borgonha, entre eles os cultuados Jean-Claude Ramonet e Isabelle Raveneau. Vieira diz que está apostando (alto) no negócio porque seu feeling lhe diz que a hora é agora. "Até pelo Instagram e pelo Facebook eu vejo que tem muito brasileiro bebendo bons borgonhas e que existe uma lacuna grande no mercado", diz. "O interesse está aumentando muito."

Os "vinhões" já estão vendendo como água (teve cliente querendo comprar o estoque inteiro), mas Jussiê insiste em oferecer também ótimos vinhos a menos de R$ 200. Aposta na clientela mais jovem que está se iniciando no universo dos vinhos de qualidade, como fazem também as sommelières Daniela Bravin e Cássia Campos, que abriram, dias atrás em Pinheiros, o bar de vinhos SEDE261. Ali a dupla pretende "desmistificar e popularizar o vinho de alta qualidade" e servir, de quinta-feira a sábado, estilos pouco conhecidos, como jerezes, madeiras e vinhos laranja, em taça ou em "flights" (cinco amostras).

Hoje, pululam no Brasil sites de venda de vinhos, wine bars, confrarias e enofanáticos do Instagram. Que venham mais e mais! Onde há bons bebedores há demanda por boas cartas, boas taças e bom serviço de vinho, coisas raras no Brasil até há pouco.

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo

sobre nós

A Rádio Diocesana AM, localizada na cidade da Campanha, Sul de Minas Gerais,  é uma emissora da Fundação Cultural  e Educacional Nossa Senhora do Carmo. Sua programação está pautada sobre os pilares da informação, da formação, da cultura e do entretenimento.


facebook

Streaming by: