31 de janeiro de 2018 às 02:00

Figurantes do primeiro episódio da saga 'Star Wars' ganham rosto

ELSTREE 1976: O LADO ANÔNIMO DA FORÇA (regular) (elstree 1976) DIREÇÃO Jon Spira ELENCO David Prowse, Jeremy Bulloch, Paul Blake e Derek Lyons PRODUÇÃO EUA, 2015, livre ONDE disponível para locação no Google Play, Vivo, Play, Now e Looke a partir de R$ 6

ELSTREE 1976: O LADO ANÔNIMO DA FORÇA (regular)
(elstree 1976)
DIREÇÃO Jon Spira
ELENCO David Prowse, Jeremy Bulloch, Paul Blake e Derek Lyons
PRODUÇÃO EUA, 2015, livre
ONDE disponível para locação no Google Play, Vivo, Play, Now e Looke a partir de R$ 6,99

*

Em 1976, um filme com pilotos de naves espaciais, uma princesa rebelde, um império maligno e muitos alienígenas era filmado em um estúdio perto de Londres.

Se no oitavo filme da saga "Star Wars", "Os Últimos Jedi", famosos disputavam para fazer pequenos papéis e pontas no filme –até os princípes britânicos William e Harry apareceram no longa sob a fantasia de "stormtroopers"–, nas filmagens do primeiro episódio da saga foram atores desconhecidos os escolhidos para representar, por exemplo, o soldado que entrega uma medalha à princesa Leia (Carrie Fisher).

O documentário "Elstree 1976: O Lado Anônimo da Força" conta a história de alguns desses atores, que não poderiam imaginar que, décadas depois, se tornariam conhecidos de milhões de fãs, que dissecam os filmes minuciosamente na internet.

Os mais "famosos" entre os retratados no documentário de Jon Spira são David Prowse, ator que gravou as cenas vestido como Darth Vader ­–a voz do personagem foi posteriormente dublada pelo ator James Earl Jones; Jeremy Bulloch, que fez o papel do traiçoeiro caçador de recompensas Boba Fett; e Paul Blake, que representou o extraterrestre Greedo.

Esse último personagem entrou para a história por ter sido morto por Han Solo em uma cena polêmica. Na versão original do filme, Solo mata o alienígena, que tinha a intenção de capturar o personagem de Harrison Ford.

Quando o longa foi relançado nos cinemas em 1997, o diretor George Lucas alterou a cena e fez com que Greedo atirasse primeiro em Solo, que depois mata a criatura verde em legítima defesa. A controvérsia é conhecida na internet pela frase "Han shot first" (Han atirou primeiro).

Ainda que os relatos dos atores sobre o clima do set de filmagem, como chegaram a ser chamados a participar do filme ou acerca dos bastidores do trabalho com Lucas sejam interessantes para fãs do universo, o documentário gasta tempo demais com os relatos dos extras sobre suas vidas antes e depois de "Star Wars". Quase todos viveram vidas comuns e os relatos se tornam um pouco repetitivos.

O filme volta a prender o interesse quando os atores contam sobre como é a relação com os fãs, em especial em convenções –muitos deles vendem fotos autografadas em encontros de "Star Wars" em que nerds pagam para aparecer ao lado de um "autêntico" piloto de X-wing (tipo de nave espacial), ainda que tenha sido em uma única cena.

Os próprios atores, muitos dos quais passaram a vida trabalhando em papéis menores em filmes, telenovelas e produções regionais, parecem surpresos com o fato de que, principalmente a partir dos anos 2000, adquiriram uma "fama" desproporcional, mas quase todos relatam com carinho o relacionamento com os fãs e com o universo "Star Wars".

Fonte: FOLHA

comentários

Estúdio Ao Vivo

sobre nós

A Rádio Diocesana AM, localizada na cidade da Campanha, Sul de Minas Gerais,  é uma emissora da Fundação Cultural  e Educacional Nossa Senhora do Carmo. Sua programação está pautada sobre os pilares da informação, da formação, da cultura e do entretenimento.


facebook

Streaming by: